Fobia social

Quando precisamos falar em público, sair com uma pessoa nova, iniciar um emprego ou nos apresentar para pessoas, sentimos uma certa ansiedade, queremos que tudo corra bem! E isso é normal.

Porém, pode ocorrer da ansiedade atrapalhar e gerar um medo extremo de estar com outras pessoas, evitando estar em ambientes e situações. Isso pode ser considerado fobia social.

O que é Fobia Social?

A fobia social é um transtorno psicológico, também conhecido como ansiedade social. Na fobia social existe um medo e ansiedade excessiva diante de situações nas quais há possibilidade, mesmo que remota, de ser avaliado negativamente pelo pensamento de outras pessoas.

Pessoas que passam por episódios de fobia social têm real pavor de algumas situações que envolvem ter contato com mais pessoas.

E quais seriam as causas?

Assim como alguns outros transtornos psicológicos, as causas estão relacionadas com a história e genética de cada pessoa, e por isso é difícil apontar uma causa certa. Alguns fatores podem influenciar no desenvolvimento do transtorno, como por exemplo:

  • Experiência passada traumatizante em público;
  • Antecedentes familiares;
  • Maus-tratos na infância;
  • Falta de habilidades sociais;
  • Experiências negativas em situações sociais, como xingamentos e rejeição;
  • Mudança de trabalho, escola ou casa;
  • Situações que diminuem a confiança.
Quais os sintomas da Fobia Social?

A fobia social se manifesta em situações específicas relacionadas a convivências sociais, como estar em um local com pessoas desconhecidas, entrevista de emprego, comer com outras pessoas ou ter que apresentar um trabalho. Dessa forma, interfere em diferentes âmbitos da vida.

Além do medo e da ansiedade exagerada, podem ser notados os seguintes sintomas durante as situações de trocas sociais:

  • Evitar a maioria das situações em que existem muitas pessoas;
  • Medo de ser ridicularizado;
  • Sudorese;
  • Palpitações:
  • Tremores;
  • Dores na barriga;
  • Tensão Muscular;
  • Sensação de falta de ar ou respiração ofegante;
  • Dificuldade para falar;
  • Náuseas ou enjoo;
  • Enrubescimento da face
  • Confusão mental;

Além de sintomas físicos, pessoas que desenvolvem a Fobia Social podem ter comportamentos específicos em determinadas situações, como:

  • Medo de interagir com pessoas;
  • Medo de demonstrar nervosismo e ansiedade;
  • Receio de ser constrangido;
  • Receio de ter o foco para si nas situações sociais;
  • Receio de chegar em uma sala já com as pessoas sentadas;
  • Receio de expressar sua opinião;
  • Pavor em ser avaliado;
  • Ficar nervoso ao reunir-se com amigos em uma festa;
  • Receio de atender ao telefone ou outras chamadas;
  • Desconforto em manter contato visual com alguém durante uma conversa.
Como posso tratar a Fobia Social?

O diagnóstico da Fobia Social deve ser realizado por um psicólogo juntamente com um psiquiatra. O tratamento de transtornos psicológicos, como a Fobia Social, é feito mediante acompanhamento psicológico e, na maioria dos casos, utilização de medicamentos que auxiliam no processo de enfretamento das situações.

Suelen Maas

Psicóloga Clínica

Deixe um comentário