Mães narcisistas

Você sabia que mães com um perfil narcisista podem influenciar na saúde mental dos filhos? 

Para entender melhor, precisamos voltar ao mito greto de Narciso, de onde a palavra “narcisista” nasce. Narciso era muito lindo, e recusava muitas pretendentes por se achar superior, acreditando que ninguém era digno de ser seu par. Certa vez, viu sua imagem refletida em um rio e ficou apaixonado por si mesmo, não conseguindo se despregar dela, acabou morrendo de fome e sede.

Por isso, hoje utilizamos o termo narcisismo para referir-se a pessoas que são apaixonadas por sua imagem. Na Psicologia, o termo está associado a um transtorno, que pode se manifestar nos pais e nos filhos. Na maior parte das vezes, a relação narcísica se dá entre mães e filhas, embora possa ocorrer com filhos também.

Quando manifestado na mãe, pode se tornar um narcisismo materno patológico, sendo uma pessoa com comportamentos que interferem na relação com os filhos.

Como são as pessoas narcisistas?

Pessoas narcisistas, apesar de acreditarem ser apaixonadas por si mesma, não são tão apaixonadas assim como o mito de Narciso. Essas pessoas tem como características:

  • Baixa auto estima
  • Auto imagem distorcida
  • Ser rudes
  • Não conseguir ouvir nada diferente do que gostariam de ouvir
  • Não aceitar críticas
  • De tão inseguras, se prender as suas convicções para não se sentirem inferiorizadas
  • Ter tendência de inferiorizar e desprezar o outro para se sentirem melhores

Pode ser difícil imaginar, mas as mães narcisistas só se sentem felizes diante da infelicidade dos filhos. Portanto, são cruéis e agressivas, e tem dificuldade de serem empáticas. Muitas vezes praticam abusos físicos e emocionais.

É o tipo de mãe que detona a vida dos filhos. As mães narcisistas são opressoras, estão o tempo todo em cima dos filhos. Muitas vezes se vitimizando, se fazendo de coitadas, para que sejam as “mártires”, aquelas as quais tudo é devido.

Como são os filhos de mães narcisistas?
  • Crescem se sentindo inseguros
  • Sentem-se impotentes e incapazes
  • Não se consideram merecedores de algo melhor
  • Podem se relacionar com pessoas inadequadas devido à autoestima baixa
  • Auto confiança quase inexistente

Para esses casos em que a autoestima e a autoimagem ficam totalmente comprometidos, o tratamento terapêutico é fundamental, tanto para os filhos quanto para as mães narcisistas. Muitas vezes, os filhos acabam indo para situações extremas: se mutilando como no cutting (se cortando), se punindo através de medicação ou até recorrendo ao suicídio. O abuso de álcool e drogas também é extremamente comum.

Caso você esteja inserido em uma situação como essa, não hesite em procurar um psicólogo. 

Francisco Maciel

Psicólogo Clínico

Customer Reviews

5
0%
4
0%
3
0%
2
0%
1
0%
0
0%
    Showing 0 reviews

Deixe um comentário

Thanks for submitting your comment!