Sem rumo

Existem momentos na vida em que pensamentos como: “Eu já deveria ter ou ser algo!” ou “Eu já devia ter feito isso ou aquilo!” surgem, causando insegurança e nos fazendo sentir sem rumo.

Ao criar expectativas sobre o futuro, seja pensando e desejando uma vida perfeita, seja por pressão familiar e social sobre o emprego e salário que se deve ter em certa idade, ao questionar o emprego atual ou se culpar por estar desempregado… A sensação de estar sem rumo se faz presente, independente do motivo da cobrança.

Estes momentos de reflexão e percepção de seus interesses pessoais são importantes para entender se eles estão – ou não – alinhados com o que você espera e quer para o futuro!

Confira como lidar com os momentos em que se sentir perdido:

•  Perceba e entenda o sentimento de estar sem rumo: o primeiro passo é saber que esse sentimento existe e descobrir se é um sentimento passageiro ou se parece não ir embora com o tempo.

•  Entenda o que está te fazendo sentir sem rumo: Questione o que pode estar te dando essa sensação. Isso requer uma avaliação do que tem feito em sua vida profissional e aonde quer chegar.

•  Repense sua rotina de trabalho: se o que está te deixando descontente tem relação com o trabalho- mas ainda assim, existem possibilidades de alcançar o que deseja -, perceba quais mudanças estão ao seu alcance para que você possa melhorar o seu desempenho e alcançar o seu objetivo.

•  Qualifique-se: se o seu objetivo depender da melhora de sua carreira profissional, busque por qualificação profissional – cursos, workshops e outras ferramentas podem te auxiliar nesse processo.

 Compreenda sua vida financeira: talvez o que esteja gerando um sentimento de estar sem rumo está relacionado a questão financeira. Nesse caso, o seu objetivo por ser ter uma renda maior do que você possui, ou mesmo ter uma poupança. E para isso você pode estudar sobre educação financeira, alinhada com qualificação, para poderá melhorar esse momento de vida.

 Tire um tempo para você: realize atividades que te relaxem e possam te conectar novamente com os seus desejos e objetivos de vida. Isso ajudará a refletir sobre mudanças que possam ser necessárias.

•  Acredite em você: neste processo de reflexão, você pode se deparar com a necessidade de mudanças ou almejar oportunidades maiores, como se aventurar em cargos mais altos. Se ao pensar sobre isso, você acredita que não conseguirá, é importante que compreenda o seu momento de vida e reflita sobre sobre toda a bagagem pessoal e profissional que você pode oferecer.

•  Enfrente o medo de recomeçar: Mudanças podem causar medo pois não temos o controle do que virá. Entretanto, podem ser necessárias em diferentes contextos. Percebendo que para alcançar seus objetivos é importante realizar mudanças, procure se fortalecer e enfrentar o recomeço.

Se houver dificuldades para lidar com os momentos em que se sente perdido, é recomendado procurar auxílio de um psicólogo.

Suelen Maas

Psicóloga Clínica

Deixe um comentário