Sexualidade e o silêncio

A sexualidade é definida como um aspecto da nossa personalidade que nos proporciona uma experiência ampla sobre relacionar-se.

Somos criados de diferentes formas e temos nossas próprias histórias, porém muitos temos esse ponto em comum: o tabu da sexualidade.

Somos ensinadas a não falar sobre nossos afetos, desejos, vontades… a nos vestir de uma forma determinada, agir de uma forma determinada. Acabamos em alguns momentos presos em padrões que não podemos questionar.

Muitos deixam de expressar quem são realmente, tem vergonha e medo de falar sobre sexualidade, ou mesmo acreditam que isso seria relacionado ao sexo – e quem também não devem falar sobre.

Mas a sexualidade é muito mais que sexo, está relacionada a nossa personalidade, a quem somos e como expressamos isso ao mundo. Por isso, não falar sobre tem consequências.

Confira as consequências de não falar sobre sexualidade:

1. Algumas mulheres são ensinadas a não saberem sobre sua sexualidade, isso inclui não saber sobre seus corpos e o que lhes dá prazer, com isso, vivem relações que trazem tristeza ou culpa por não conseguirem se relacionar de uma forma satisfatória para si mesmas;

2. Existem mulheres que, por serem donas de seus corpos e conhecerem bem a si e seus desejos são retratadas como se estivessem fazendo algo errado (mas não estão, conheçam seus corpos!)

3. Homens que são ensinados a pensar somente no seu próprio afeto, prazeres e desejos, não conseguindo se relacionar de forma saudável com outras pessoas, surgindo diferentes problemas relacionais;

4. Homens que são ensinados que o uso da força, agressividade e impulsividade o fazem ser masculino, e acabam legitimando violências com o discurso de quem “homem é assim mesmo”;

5. Não validação de outras sexualidades além de heterossexual (relação entre pessoas de sexo diferentes – homem e mulher) e cisgênero (pessoa que se identifica com o gênero de nascimento), ou seja, discriminação e preconceito relacionadas a pessoas que são LGBTI+.

6. Acreditar ser errado um homem ser “sensível” e se conectar com seus sentimentos, chorar ou mesmo se preocupar com o bem estar de outros de forma afetuosa.

Como lidar com as consequências?

A melhor forma de lidar com as consequências de não falar sobre a sexualidade é:

  • Compreender nossa sexualidade, desejos e afetos

Fazemos isso através do autoconhecimento, um processo de entrar em contato com nós mesmos e nos ouvirmos mais, sem julgarmos o que somos e quem queremos nos tornar. Esse processo pode ser difícil e até doloroso, mas você pode contar com ajuda de um profissional da Psicologia!

  • Entender os diferentes significados da sexualidade

Ouso dizer que o termo sexualidade tem um significado para cada pessoa, pois somos seres múltiplos e com necessidades e desejos diferentes. Queremos nos expressar no mundo da nossa maneira, única. Por isso, entender e acolher o outro na sua singularidade é algo importante. Mas pode ser difícil e podemos cair no preconceito e discriminação, e para evitar isso, devemos nos conhecer melhor, entender o que gerar esses sentimentos. Para isso, você também pode contar com a ajuda de um profissional de Psicologia!

Suelen Maas

Psicóloga Clínica

Customer Reviews

5
0%
4
0%
3
0%
2
0%
1
0%
0
0%
    Showing 0 reviews

Deixe um comentário

Thanks for submitting your comment!