Autodepreciação

“Eu não consigo me acolher”. Essa frase sintetiza bem com uma pessoa com pensamentos e sentimentos autodepreciativos costuma se sentir e se mostrar para o mundo. A dificuldade de perceber como a sua vida é algo muito importante e que no fundo o maior sentido de todos é valorizar vivências.

O que é a Autodepreciação?

A autodepreciação, é uma avaliação negativa de si mesmo. Dar maior ênfase aos defeitos e a desvalorização de suas capacidades e conquistas.

O movimento de autodepreciar-se traz consigo uma necessidade de busca pela perfeição, que é acompanhada pela punição quando não se chega ao resultado esperado.

Pensar que é incapaz de mudar e pensar de uma maneira mais positiva, também acompanha a pessoa que está presa aos sentimentos, sensações e pensamentos negativos.

Como superar a Autodepreciação?
  • Buscando entender que suas conquistas têm valor
  • Não se prendendo a falsa ideia de perfeição
  • Não buscando se comparar a outras pessoas
  • Experienciando seus dias de uma forma mais contemplativa
  • Dando importância aos seus sentimentos
  • Indo em direção ao autoconhecimento através de terapias ou vivências que fazem sentido na sua vida
  • Entregar-se aos momentos positivos com intensidade emocional, psíquica e física
  • Acolhendo nossos erros e cuidando deles para que não aconteçam mais
Reinventar-se 

Muitas vezes nós seres humanos somos críticos demais para com as nossas ações e comportamentos. Assim, assumimos uma posição de não aceitação e acolhimento dos nossos equívocos, além de não valorizar os momentos bons que vivemos em nossas vidas.

A partir do momento em que percebemos que o tempo é o nosso guia no processo de evolução comportamental, começamos a ser menos negativos e carrascos conosco, dando a condição de viver, errar, acertar e ter a consciência de que nossa existência segue esse ciclo.

Exercitar a empatia e o acolhimento interno é necessário e contribui bastante para o entendimento das situações que merecem ser bem cuidadas.

A chave deste processo está em compreender suas deficiências e valorizar suas conquistas.

Cláudio Silva

Psicólogo Clínico

Customer Reviews

5
0%
4
0%
3
0%
2
0%
1
0%
0
0%
    Showing 2 reviews
  1. Perfeito seu texto Cláudio.
    Expressa exatamente como me sinto em relação a mim mesma.
    Infelizmente superar esse sentimento não parece algo que eu consiga alcançar. Fico pensando e me recriminando e no fim me sinto culpada e não superei nada. Ja fiz terapia com vários psicólogos mas chega a um ponto deles falarem “você tem que se amar”, ou “você tem que superar”… como se eu não quisesse… mas simplesmente não consigo. Pelo menos não o tempo todo.
    Obrigada pelo seu texto.
    0

    0

    You have already voted!

    1. Kyra compreendo sua dificuldade, muitas vezes temos consciência e queremos mudar algo e não conseguimos. O processo de autoaceitação é longo e dificil, tem coisas que não vamos mudar e temos que aceitar isso. Há dia que nos amomos e outros que nos odiamos, o fato que temos que ter uma autocompaixão, achar dentro de nós forças necessárias para que possamos prosperar, ser gentil consigo mesmo. Achar algo de valor em nós e ter consciência e aceitar que não somos perfeitos. Mudar não é fácil, mas não é impossível. Seja feliz.
      0

      0

      You have already voted!

Deixe um comentário

Thanks for submitting your comment!