fbpx

Como posso ajudar?

Minha avó tem depressão desde os meus 3 anos e nesse passar dos anos, já teve algumas crises bem sérias, porém devido aos problemas que minha família enfrentou em 2020, ela está em depressão profunda. Eu e todo mundo em volta dela sabemos o quanto esta é uma doença difícil, mas ao mesmo tempo a situação está saindo um pouco do controle. Ela odeia fazer qualquer coisa que precise sair de casa. 3x na semana ela vai para a fisioterapia e toda vez, antes de sair, ela tem uma crise pânico, chegando a quase desmaiar, toda vez que precisa sair para a psicoterapia, ela reclama e diz que odeia ir lá porque falar dos problemas dela não resolve tudo que ela passou. Além disso, ela está “atacando” as pessoas que estão com ela o tempo todo (vulgo eu, minha irmã e, principalmente, minha tia). Ela reclama da comida que “não está boa”, da roupa que separaram para ela, do horário dos remédios, das tonturas que ela tem (decorrentes das crises de pânico). Eu sei que preciso ter paciência porque ela está precisando de ajuda nesse momento, mas também sei que isso não é justificativa para tratar mal e ser grosseira com os outros. Eu não sei mais como poder ajudá-la, até porque não suporto vê-la dessa maneira.

31
3
0
placeholder
março 21, 2020
feminino
12

  • Tamyres Fontes

    Olá Anna, tudo bem? Quem tem esses problemas é muito complicado eu bem sei o que sua avó sente Anna. E sei como é difícil conviver com quem têm, e como você mesmo diz no texto, que devemos ter paciência. Mas vou te contar algo: Comece a contar histórias para sua avó, mas você pode me perguntar, que historinhas são essas? Sabe ana quando estamos em crise não queremos saber de nada só queremos destruir tudo e todos por isso atacamos o que estão perto de nós. Mas assim que a crise passar chegue perto dela e conte uma história, faça sua avó passear na sua própria imaginação. Você pode encontrar muitas história na internet, você estará ajudando ela a pensar e os laços entre você e sua avó ficarão mais fortes. Sabe Anna quando chegamos à uma determinada idade voltamos a ser como criança e queremos colo e consolo. Agora imagina chegar a velhice com esses transtornos tão agressivos? Por isso te incentivo à ser criativa e por sua vó para sinhar e viajar nas histórias que você contará para ela. Agora lembre-se, nunca conte para ela quando estiver com crise ou muito agitada, mas sempre quando estiver um pouco tranquila, faça algo que ela goste talves um chá ou um café bem gostoso, para ela lembrar desses momentos como um verdadeiro remédio. Te desejo sorte e muito amor para realizar essa tarefa grandiosa. Te amo

  • Andre

    Lidar com a sua vó é um grande exercício pra exercitar a paciência, compreensão, compaixão... Tenha seus momentos de paz para vc resgatar as suas forças e poder ficar cheia de paz para poder aguentar firme os momentos difíceis com a sua vó.. Você sabe que ela te ama e que trata vocês mal não por culpa de vcs, mas por sentimentos que ela mesma não sabe lidar e acaba descontando em vcs... Tenha paciência e mt amor pela sua vó e saiba o que resgata suas forças pra vc poder estar forte e lidar com isso da melhor forma possível...

  • Arnaldo

    A depressão é uma coisa muito difícil de se lidar, principalmente quando se trata de um parente. Exige uma tremenda força interior, compaixão e empatia. A paciência que você disse ser preciso conservar nesses momentos é muito importante, e muito mais por se tratar de uma pessoa de idade, pois é preciso de maior atenção gentileza para com elas. Isso é muito desgastante. Procure resgatar as suas forças e desligar a mente um pouco desses problemas. Isso pode te dar mais energia para lidar e enfrentar eles! E não perca a esperança de que tudo pode melhorar!

Converse em tempo real

Login

Desabafe no Site

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp

Login

Desabafe no site

Entre na Comunidade

Converse em tempo real

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp