fbpx

Lidando com termino e ansiedade

Olá! Estou lidando (ainda) com um termino, que não consigo aceitar. Acontece que devido a minha depressão e ausência, deixei a pessoa ir (insiste que fosse inclusive) e agora com a minha melhora, quero ela de volta na minha vida. Porem, ela esta se esquivando de conversar comigo pessoalmente, nos encontramos uma vez, e falamos um pouco, mas ela estava com gente em casa, e não conseguimos continuar a conversa. Ela disse que queria muito ter essa conversa e estava pensando em me chamar, e que na semana em questão conversaríamos. Me dispus a encontra-la praticamente todos os dias da semana, e sempre ela falava que não dava, no sábado passado, disse que até iria, mas que a amiga dela estava passando um fim de semana na casa dela (mas poxa, se ela queria conversar, e combinamos de ter a conversa na semana, pq a amiga dela estava lá para passar o fim de semana, e ela não poderia explicar a situação a amiga e ter esse tempo para nos?).

Esse descaso, me deixou muito mal, tenho tido varias crises de ansiedade desde então, me sinto engasgado e enjoado todos os dias, praticamente o dia inteiro, Mesmo desabafando, meditando, é um sentimento que não passa! Acabei perdendo o controle, e mandando algumas mensagens, falando que aquilo me fazia mal, ver o descaso dela, ver ela me evitando. Ela respondeu q eu estava chateando ela muito. Depois disse que saber q eu estava mal e ansioso deixava ela mal, e que iriamos ter essa conversa, mas que ela não queria se sentir pressionada.

Acontece, que dps disso, ela veio de madrugada, (provavelmente bêbada) falar umas sacanagens, falou de vir aqui, e de novo, disse que só não vinha por que a amiga estava la, dps o rumo do assunto mudou, e ela disse que tinha me amado muito, que estava muito magoada, e eu desatei a falar né, ela só ficou mandando carinhas tristes, musicas tristes, e fomos dormir (domingo).
esses episódios, aconteceram 3x já, dela se negar a conversar, mas quando bebe, ou sla o que dá nela a note ou de madrugada ela entra no assunto, e isso me deixa MUITO desestabilizado, pq não sei o que isso quer dizer.

Nesta terça, chamei ela para sair na próxima sexta, ela disse: “vou pensa” “talvez não”, seguiu sendo fria e evasiva. Na sexta, vou perguntar novamente, já que ficou em aberto, mas aguardar isso, sem falar nada, doi muito, me corrói, e varias vezes eu penso em falar um monte de coisas pra para de me sentir assim, mas acho que isso estragaria tudo. Eu amo ela, mas preciso saber qual é a dela, o que ela espera, se ela ainda me ama, e se ela me quer na vida dela para um recomeço, mesmo que não de imediato, pq compreendo que ela sofreu muito.

Eu fico sem controle, checo todas as redes sociais minuto a minuto, olho status, fico vendo se ela esta on line, e sei que isso não dá em nada, só me machuca, mas realmente estou sem controle, alguém passou por algo parecido, e tenha alguma palavra pra me dar sobre o assunto, e sobre como lidar com essa ansiedade?

24
3
0
placeholder
junho 22, 2021
masculino
3

  • Alice Salles

    Olá!! Espero que esteja melhor! Eu entendo o que você está passando, às vezes, por outros motivos temos que ir embora mesmo gostando da pessoa, assim como foi contigo em relação a depressão ,mas, quando deixamos livres as pessoas têm o direito de seguir em frente com ou sem a gente. Todos temos nosso tempo, talvez ela não senti mais o que sentia e está com receio de falar e te magoar. Como ela não se posiciona, você fica aflito porque deseja uma resposta, então tente se controlar, continue a meditação, tente ocupar a cabeça e seguir em frente! Se permita estar aberto para outras pessoas e se ela se posicionar, você decide o que você irá fazer.

  • Arnaldo

    S.C, sinto muito pela sua situação. Entendo o furacão que você deve estar sentindo por dentro. Uma torrente angústias parece sufocar tudo e saída possíveis para o sofrimento parecem impossíveis. Mas tenha calma, um hora você encontrará um meio de suavizar essa dor e sair desse aperto. Mantenha a dignidade e o amor-próprio, pois eles são muito importantes para se reerguer novamente e dar o valor devido a si mesmo. E confie no poder do tempo para curar as feridas: tenha paciência! As coisas poderão acontecer do jeito que você deseja, e, também da maneira oposta. De todo modo, você vai encontrar a sua paz interior em algum momento, e o que suceder será o melhor para você. Tenha calma e paciência. Você vai ver, vai dar tudo certo!

  • Tamyres Fontes

    Olá, tudo bem? Os términos são sempre desafiadores, eu te entendo! Mas saiba que tudo nesta vida é suportável. A ansiedade foi desencadeada porquê você quer ter controle sobre tudo inclusive sobre ela. Mas não temos esse poder querido. O ser humano têm algumas dificuldades para assumir o que realmente sente e fica arranjado desculpas e isso nos causa muita angústia na pessoas e em todos ao redor. O que eu te aconselho: Não se humilha tanto, tenha amor próprio, e se você já chamou ela pra conversar, respeite o tempo dela para querer falar com você. E se não der certo a conversa, a vida segue, existem outras garotas e até melhores, você só precisa enxergar cara. Eu sei que você vai superar tudo isso! Eu acredito. Cuide da sua vida, e o resto se encaixa, tenha paciência. O ruim dessa geração do século 21 é querer tudo agora (Imediatismo) e não é assim que a vida funciona. Acorde para realidade meu caro! Não abandone a pessoa mas importante dessa vida VOCÊ. E Aprenda algo: O que tiver de ser será e pronto! Foque em outras coisas que a vida não para, vá fazer alguma coisa produtiva que o seu mundo não gira em torno de alguém. Amadureça!! Gostaria de te indicar um psiquiatra muito bom que pode te dá um chá de realidade diária. Você o encontra no YouTube e no Instagram "Ítalo Marsili". Te desejo muita Luz e muito sucesso. Até mais

Converse em tempo real

Login

Desabafe no Site

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp

Login

Desabafe no site

Entre na Comunidade

Converse em tempo real

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp