fbpx

Problemas de aceitação

Bem, tudo começou quando eu tinha 7 anos eu me dava super bem com meu cunhado até que um dia ele fez uma piada sobre meu corpo me chamando de gordo/”fofinho”, mas como ele sempre teve um jeito brincalhão eu tentava ignorar até ele começar de novo com esta ”brincadeira”, quando fiz 8 anos comecei a tentar comer bem menos do que antes na tentativa de emagrecer, com 12-13 anos eu tive anemia pois não estava me alimentando nada bem (eu tentava enganar minha mãe falando que havia comido bem quando na verdade nem havia me alimentado),por sorte isto passou junto com a brincadeira dele, mas até hoje sempre que como ”demais” começo a me sentir culpado, e sempre que tento comentar sobre como isso me machucou emocionalmente com algum familiar falam que é apenas besteira da minha cabeça.

16
5
0
placeholder
outubro 26, 2021
masculino
1

  • Kira

    Eu te entendo muito bem, pois também era gordinha quando criança e, por eu ser bem branquinha, os namorados das minhas primas me chamavam de baleia branca! Eu ficava super envergonhada, era terrível pra mim! Até hoje sou meio gordinha e que se dane! Eu gosto de comer! Adoro um docinho! Não se sinta tão culpado! Boa sorte 🍀

  • Alice Salles

    Olá Sanhwio! Sinto muito pelo que passou quando mais novo e que isso tenha gerado alguns traumas que até hoje em alguns momentos são despertados! Sabe, as pessoas fazem e falam coisas que elas não gostariam de ouvir se estivesse no lugar de quem sofre, mas, infelizmente não param para pensar que isso pode desencadear um monte de problemas para quem sofre e acredite não é besteira sua! Não é besteira, como nutricionista atendo muito paciente adultos com estigmas como esses que começaram na infância e/ou adolescência e é algo difícil de lidar mas não é impossível! É essencial que você compreenda que é necessário deixar isso ir, se curar... caso contrário você vai ficar internalizando, remoendo isso anos e não é saudável. Como você se vê hoje? Quer emagrecer ou está bem consigo mesmo? Se está bem, então entenda foi uma fase que você esteve fora e de peso mas passou, a terapia te ajudaria muitooo misso, aqui tem vários profissionais tente com algum. Agora, se você não está satisfeito com o seu corpo tente orientações com nutricionista (em faculdades o atendimento é gratuito), mas o essencial é você combinar com tratamento psicológico. Lógico que doí, mas está na hora de você enfrentar isso para o seu bem.

  • LucyMartins

    Não podemos mudar o que passou. A dor que você sentiu foi só sua e gerou problemas físicos, como a anemia, e psicológicos, com essa culpa que sente quando come a mais. Busque fazer uma alimentação saudável, incluir exercícios em sua rotina, e não apenas para emagrecer mas para você ser mais saudável. Quanto ao dano psicológico, você sempre pode buscar uma terapia que pode te ajudar muito além do bullying por ser gordinho. No mais, tente deixar isso para trás, cada um tem o corpo que tem e ninguém pode dizer nada sobre isso. Boa sorte e fique bem!

  • Isabelle

    Olá! Ja passei por algo parecido Por algumas vezes vivenciei algumas "brincadeirinhas" desse tipo com familiares, e compreendo o dano que isso pode causar... Hoje, graças a Deus, eu nao tenho metade do problema que tinha em relação ao meu corpo. Nao vou ser hipócrita dizendo que nada me incomoda, mas aprendi a separar as coisas. Por exemplo, ainda quero emagrecer, mas quero fazer isso por mim e se eu nao conseguir daqui a 1 mês, vai ter sempre o próximo que poderá aproximar a chegada da minha meta. Mas oq foi mais importante no meu processo de aceitação, foi entender que eu preciso estar bem cmg mesma, por mim e por mais ngm. Esse ponto de vista nao é egoísmo, é aceitação.

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Desabafe no servidor do Discord

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Servidor no Discord

Desabafe no Servidor do Discord