fbpx

Como perdoar minha mãe?

Eu só queria que você assumisse que errou. Comigo, com meu pai.
Você traía ele. Eu sei, eu ouvi, eu vi provas que você fazia isso.
Você seria capaz de pegar dinheiro das suas filhas escondido pra manter seu consumismo, você já fez isso. Você nos obrigava a mentir pro nosso pai. Você falou pras pessoas que eu bati em você mãe, sendo que você que tentou me enforcar. Você sempre se faz de vítima, de santa, você nunca erra. Você é egoísta.
Eu peço todo dia pra que Deus me liberte da raiva e do rancor, não quero sentir isso por você. A minha irmãzinha, essa bebe linda que você teve com mais um dos muitos namorados que arrumou depois do meu pai, tava me curando, Deus enviou ela pra me ajudar a te perdoar, mesmo que você nunca peça perdão, mas aí meu pai volta e você mostra o porquê me afastei, o porque eu evito ir te ver.
Você sempre priorizou a minha irmã mais velha, eu entendo, ela é melhor filha que eu em muitas coisas, ela tem mais paciência com você. Mas chegou uma hora que a diferença ficou gritante.
Você não quis comprar um tênis pra mim nem quando o meu furou, eu tomei chuva indo pra escola, fiquei com o pé molhado o dia todo, e você não quis comprar meu tênis, mas minha irmã tinha 3 tênis diferentes, um de cada cor, várias sandálias, sapatilhas. Roupas eu tinha que usar as suas, depois que elas ficassem velhas pra eu não estragar. Mas minha irmã comprava todas as roupas que queria. Mas nunca tive raiva dela por isso, ela tentava fazer você perceber a diferença que fazia comigo.
Quando eu saí de casa, você não me deixou trazer nada meu, só trouxe o que meu pai e minha vó me deu. Mesmo que as coisas que “você comprou” tenham sido pagas com o dinheiro que você nos obrigava a pedir pro nosso pai mentindo.
Eu comecei trabalhar aos 12 anos fazendo faxina pra te ajudar. Depois disso foram vários empregos de babá ou qualquer coisa que aparecesse, e eu nem sequer sabia quanto eu recebia. Eu sempre andei desarrumada, não podia passar sua maquiagem porque eu não sabia e ela era cara demais pra eu desperdiçar aprendendo, não podia passar seu perfume, nem sequer comer o seu requeijão na geladeira.
Você foi muito boa pra mim mãe, em muitos momentos. Você me ajudou muito. Você cuidou de mim durante toda minha infância. Mas depois que meu pai foi embora, você perdeu aquela mãezona que você era.
Você me largou tomando soro sozinha no hospital pra ir fazer compra pro seu namorado. E é claro que eu disse que tava tudo bem, você teria ficado brava se eu pedisse pra você ficar. E chamar meu primo pra me acompanhar não é a mesma coisa mãe. Eu queria você lá. Eu sempre quis você comigo.
Eu mal conheço minha madrasta e ela me fez chorar com a alegria dela quando eu arrumei um emprego naquela escola. Ela me aconselhou, conversou comigo, ficou feliz por mim. Você nem se importou. Minha sogra demonstra mais empolgação por minhas conquistas que você.
Eu tenho tanta mágoa de você mãe. E eu me sinto horrível por isso.
Eu só queria que você se importasse com o que eu faço. Que você quisesse saber qualquer coisa sobre mim. A única coisa que você sabe que eu gosto é de canecas.
Você não sabe nada sobre mim.
Você não quer saber nada sobre mim.
Quando foi que você alguma vez mandou uma mensagem se quer pra saber do meu casamento? Quando você perguntou sobre qualquer coisa da minha vida? Você não se importa comigo mãe. E isso dói tanto.
Não importa quantas pessoas gostem de mim, quantas pessoas se importem comigo, nenhuma delas preenche o vazio que você deixou na minha vida.
Graças a Deus eu achei um marido que se importa comigo mãe. Ele me ama. Ele cuida de mim. Eu sinto que não tô mais sozinha. Porque antes dele, eu estava perdida. Eu não tinha direção pra ir. Eu só existia. Agora eu vivo.
Eu sorrio.
Eu estou realizando sonhos.
Eu estou conquistando meu lugar no mundo, e não tô sozinha.
Mas sempre vai faltar você. Na formatura da minha faculdade. Na minha festa de casamento. Na criação dos meus filhos. Nos momentos em que eu precisar de um colo. Nas brigas que eu vou ter com meu marido. Na compra da minha casa. Seu lugar vai estar sempre vazio, porque ninguém pode preencher esse lugar além de você.
Eu queria que você visse como meu marido é bom comigo mãe. Eu queria que você ficasse orgulhosa por quem eu escolhi. Ele é atencioso. Carinhoso. Não é muito romântico kkk mais ele sabe como me fazer suspirar mesmo depois de anos juntos. Ele seca meu cabelo pra mim. Ele odeia ler mas lê todos os livros que eu tento escrever pra apoiar meu sonho. E você nem sequer sabe que eu sonho em ser escritora desde pequena.
Você se recusava a comer qualquer coisa que ele desse pra mim por pura birra. Quando ele foi em casa pela primeira vez você o destratou.
Você me mostra foto do meu ex namorado todas as vezes que vou ai mãe, ex esse que queria me proibir de estudar, de falar até com meus primos. Ex que até a mão já ergueu pra mim. Mas que por te adular, por ligar pra você chorando quando brigávamos, era o genro dos seus sonhos.
Um dia espero conseguir olhar pra você e enxergar aquela mulher que eu via quando criança.
Apesar de tudo, eu amo você mãe.
Sempre vou te amar.

28
5
0
placeholder
agosto 17, 2021
feminino
1

  • Camila.longo.azevedo

    Oi! Passei pela mesma coisa com meu pai quando saiu de casa e foi muito dolorido, mas ainda assim não consigo imaginar o que você esteja sentindo! Você é muito forte por ter perseverado por tudo isso, e apenas consigo tentar te ajudar por indicar o que funcionou comigo. Foi pensar no que era bom pra mim, apesar de tudo o que sentia, sabia que odiar ele seria pior para a minha cabeça no final, e não perdoei nem nunca esquecerei, mas consigo seguir em frente para o meu futuro, e quem sabe sem ele.

  • Alice Salles

    Oiii, Espero que esteja bem! Nossa por quantas coisas você passou! E foi forte para seguir em frente, seguir seus sonhos, parabéns! Você é uma guerreira e vai realizar todos os seus sonhos, tenho certeza! Mesmo passando por tanta coisa, ter mágoas... você tem bons sentimentos também, sei que vai perdoá-la um dia.

  • Jess

    Oi! Sinto muito que se sinta dessa forma, mas me alegro em saber que você está seguindo em frente, mesmo com a lacuna que o carinho da sua mãe deixou. Eu sei que você realizar seus sonhos, e nós ainda vamos ler muitos livros seus! Sua mãe tem perdido muitos momentos incríveis seus, e mesmo com toda dor e mágoa, você ainda nutre bons sentimentos, mesmo depois de tudo... Você é incrível e merece muito ser feliz! A mágoa não vai te destruir, porque você é luz! Abraços!

  • 900313

    Acredite querida, já tentei conversar com ela muitas vezes. Já tentei varias abordagens diferentes, mas tem pessoas que não aceitam nunca que erram e ela é uma dessas. Sou grata por tudo que ela me fez. Mas nunca teremos uma boa relação, eu tento manter a paz entre nós duas, mas ela não aceita o fato de eu não fechar os olhos pras coisas erradas que ela faz. Ela não se importa com o que me dói, ela sempre fala que eu sou dramática, que eu exagero, ela não respeita meus sentimentos. Ela se jogou no chão e fingiu desmaiar quando eu tentei conversar sobre isso, quando viu que eu não amoleci pelo fingimento dela, levantou em um pulo e tentou grudar no meu pescoço, fiquei com as marcas da unha dela. Como conversar com alguém assim? Como perdoar alguém que insiste nos erros e te faz mal sempre? Já fiquei meses sem falar com ela, e foi a época mais calma da minha vida, só voltei agora porque ela teve um bebe, voltei pela minha irmãzinha. Mas tudo voltou com a visita do meu pai, e ela voltou com todo o discurso de vitima que ela sempre faz, culpando meu pai por todos os erros dela, o homem que construiu uma casa com as próprias mãos, sozinho, pra que ela morasse com o amante.

  • Tamyres Fontes

    Olá meu amor, tudo bem? Sabe querida, todas as coisas que acontecem na nossa vida, acontece para o nosso melhor. Sabe, nascemos na família que precisamos nascer para nos curarmos e ser o que viemos ser neste mundo. Talvez se sua mãe fosse de um jeito, você fosse uma adulta de merda. As vezes não entendemos no momento, mas entenderemos no futuro. Não nos cabe julgar, nem os mais próximos, cada um colherá o que plantar e não nos cabe interferir no livre árbitro do outro. Mesmo sendo mãe e filha, cada um tem sua própria vida e sua própria colheita. Sabe querida, as vezes uma mãe não despreza o seu filho por ele existir, mas a situação e circunstância que você nasceu naquele momento, toda mãe ama seu filho, mas não a situação que você nasceu, e por isso acontecem tantos abandonos. As sua mini carta é um desabafo em tanto, mas te recomendo a mandá-la para sua mãe e não ficar botando em lugares que outras pessoas vão ler. Deixe sua mãe saber, o que te dói, o que te faz bem, e suas lembranças. O perdão meu amor, é o maior meio para ter uma vida mais leve e feliz. Faça as pazes com quem te deu a vida, ela decidiu que você vieste a este mundo para ser FELIZ e trazer luz para o mundo. E sem ela, você não estaria aqui, realizando o teus sonhos, se não fosse pelos erros dela, você também não saberia, o que é agir corretamente, a todo momento ela está te ajudando a melhorar, por isso agradeça! Abrace sua mãe, um diaa elaa não estará contigo. Minha mãe cometeu muitos erros, mas eu não aponto para ela nenhum defeito, pelo contrário a abraço muito, digo que a amo todos os dias por ter mim dado a vida e por está nesse mundo maravilhosoooo... te indico uma mulher maravilhosa "Elainne Ourives" você vai gostar dos conteúdos dela. Você a encontrará no YouTube e no Instagram. Um grande beijo meu amor! Um forte abraço

Converse em tempo real

Login

Desabafe no Site

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp

Login

Desabafe no site

Entre na Comunidade

Converse em tempo real

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp