fbpx

Impotência

Eu não sei definir em algum termo como eu sinto. Sinto sintomas de angústia, tristeza, um ódio de mim por ser assim e incapacidade de não saber lidar. Eu só choro e afasto as pessoas de mim por causa da minha incapacidade de não fazer mais nada além disso. Eu não posso desabafar com ninguém, se eu confesso o que eu sinto só vou fazer com que outras pessoas compartilhem do mesmo ódio que eu sinto por mim. Não sei o que fazer pra merecer amor, pq esse tipo de coisa parece uma loteria. Sinto que o amor pelos meus filhos é a única coisa que me prende a esse mundo. Mas como faço pra me manter forte se minha existência foi forçada? Queria ser uma máquina e fazer tudo pra agradar aos outros sem ter um consciência do meu eu próprio, na verdade acho que isso resolveria os problemas do mundo pra pequena parte da humanidade que ganham na loteria de se sentir amados viver, enquanto a outra parte nem sequer sentiria dor. Mas não é assim… eu só quero me vestir com o sorriso mais convincente e não deixar dúvidas de que eu estou bem. Afinal, tá tudo bem.

1
2
placeholder
janeiro 1, 2022
1

  • janeiro 2, 2022
    Luana Piekoski

    O primeiro passo é amar-se, cuidar-se, ser compassiva consigo mesma. Quando nos amamos, cuidamos de nossa saúde, de nossa aparência, de nossa casa. O auto amor é algo maravilhoso, porque abre as portas para os demais nos amarem também. Você deve perdoar-se, qualquer que tenha sido seu "pecado". O autoperdão também nos ajuda na aceitação própria. Se todos tem defeitos, por que você não pode ter também? Você aceita o defeito do outro? Você respeita o outro como ele é? Então, faça o mesmo por você. Quando nos amamos, esse amor brilha em nossos olhos e as pessoas querem se aproximar, para também ter brilho nos olhos! Viva, coma, aprecie a vida, aprecie as coisas bela da Natureza, usufrua de um passeio, pise na grama, seja feliz só por estar viva. Não tenha medo de olhar pra si mesma, de re-conhecer sua sombra, seu lado ruim, pessimista, odioso. Abrace-se como é. Aceite-se como é. Se você não se aceita, como pretende que os outros a aceitem? Assista aos vídeos de Louise Hay. Ela foi uma pessoa que aprendeu a despertar o amor em si mesma e nos demais. Abraço fraterno

  • janeiro 2, 2022
    Ferreira10

    Em primeiro lugar, eu amei como vc escreveu. E em segundo te entendo perfeitamente, faço parte do grupo de seres humanos não amados, esse sentimento é muito doloroso e difícil de explicar. Mas a única parte boa é que somos bons em entender a dor do outro se colocar no lugar da pessoa, isso mostra que somos diferentes. Peço pra que vc faça coisas que te deixa feliz, qualquer coisa, faça todos os dias se possível. Quando fazemos uma coisa que gostamos isso aumenta nosso índice de felicidade e de satisfação, trazendo pensamentos leves e conforto. Espero ter ajudado, um enorme abraço ❤😊

Ainda não tem cadastro?

Cadastre-se no Sunas gratuitamente

Ou faça seu login aqui

Ainda não tem cadastro?

Cadastre-se no Sunas gratuitamente

Já possui cadastro?

Faça seu login

Entre em nossa Comunidade de troca de mensagens em TEMPO REAL!