fbpx

Luto de seis anos

Minha mãe faleceu quando tinha 17 anos. Ela sempre foi minha melhor amiga, sempre fui muito dependente dela. Ela tinha muitos problemas de saúde e acabou falecendo de parada cardiorrespiratória. Pouco tempo após seu falecimento, recebemos a informação da acompanhante de um paciente que estava no mesmo quarto que o dela, de que ela passou mal e os médicos não vieram socorre-la, deixaram ela à mingua até seu falecimento. O meu pai que recebeu a ligação. No meio da revolta e tristeza tão grandes, não fizemos nada. Não sabíamos o que fazer depois daquela informação.
Já fazem seis anos desde o ocorrido e cada ano que passa eu só me sinto pior. Não consigo aceitar o fato da sua morte, ainda mais do jeito que aconteceu. Sinto que de alguma maneira ela vai ficando cada vez mais distante da minha memória, mas a dor e a culpa por não ter feito algo para ajuda-la só aumentam. É um buraco tão grande dentro de mim que eu sinto que eu me perdi em mim mesma. Tudo que eu era pra ser eu não consigo ser. Sou uma pessoa que vive de máscara, mas por dentro sou…Nem sei o que sou, só vivo no automático.
Não tenho propósito de vida. Não me relaciono bem com ninguém, não consigo fazer e nem muito menos manter uma amizade. Eu tenho muita vontade de melhorar de seguir uma vida bem e tentar deixar isso para trás, mas não sei como.

26
7
0
placeholder
outubro 19, 2020
feminino
1

  • Munic Dias Zamparoni

    Oi Jay, tudo bem? Sinto muito pela sua perda! Perder uma pessoa especial é muito difícil, quando essa perda é inesperada e depois se descobre algo como o que você relatou, causa ainda mais dificuldade no processo de aceitação, e consequentemente na elaboração da perda. Sobre o sentimento de culpa, na grande maioria ele vem como uma punição por não ter conseguido impedir o falecimento daquele que se ama, mas quando falamos de morte isso não esta ao alcance. Sempre é feito o que pode dentro das possibilidades daquele momento. Você provavelmente fez o que pode naquele momento. Perceba que o sentimento de culpa é algo que ainda te acompanha, ainda não foi trabalhado. E que você sente que a lembrança dela vai se afastando. Pense… talvez não seja esse sentimento de culpa que faça com que você se afaste das memórias relacionadas a sua mãe? Uma das funções do luto é conseguir auxiliar o enlutado no processo de elaboração da perda, para que a vida possa seguir seu ciclo. E também de se reorganizar diante dessa perda, criando um espaço dentro de si para esse amor, para as experiencias vividas, para a relação que foi constituída. A morte não apaga isso tudo, continua existindo dentro de você. 
 Não é a dor e sofrimento que mantem o seu amor pela sua mãe. Se você sentir que precisa de ajuda para elaborar essa perda, saiba que é possível trabalha-la em psicoterapia.

Vou deixar um link do meu ebook Eu Luto: Elaborando a Perda, ele é gratuito e destinado a pessoas que estão em processo de luto: https://municdias.com.br/ebook-eu-luto/ Espero que minha resposta e o ebook possa te ajudar de alguma maneira.
 Um abraço
, Munic.

    • Jay_Mo

      Obrigada, vou ler o livro.

  • Tamyres Fontes

    Olá querida! Estive lendo sua breve história de vida e imagino como deve ser dificil para você. Querida pense bem comigo agora: Já se passaram 6 anos e a culpa que você carrega é muito pesada, você precisa se perdoar e seguir a sua vida, pois se fosse a sua hora quem iria era você não a sua mãe, de uma forma ou de outra ela iria e não teríamos controle sobre isso. O nosso maior erro amada é querer controlar tudo e principalmente aquilo que não está! Aprenda a ser grata em toda situação, pq tudo que vêm em nossa vida é para crescimento. Não deixe sua luz apagada, muitas vidas precisam de você e da Luz que você veio revelar. Eu passei tanto tempo querida sentindo culpa por tudo que acabei adoecendo e por misericórdia conseguir sair de lá. Se ame e ame a vida por quê é isso que sua mãe queria e quer. Não posso vê você mas consigo sentir o ser humano maravilhoso que és, eu sei que aí dentro há uma mulher linda e cheia de vida e luz para revelar neste mundo. Eu preciso de você aqui nesta terra cheia de vida. Nós seres humanos somos unidos uns aos outros e cada pessoa que desperta a sua verdadeira essência, todos os seres humanos saem beneficiados com isso. Olhe hoje no espelho e diga: "E diga em voz alta que você se perdoa e que se ama e que nunca mais você vai se abandonar na vida". E ainda te dou uma dica de música: "Seja gentil - Kell Smith". E te darei uma dica de uma mulher para você seguir no YouTube: "Rachel Newman". Comece a trilhar seu caminho pois verás muitas flores. Te desejo um caminho cheio de luz e muito sucesso. E se abra para conhecer você verdadeiramente e se orgulhe, pois sei que és magnífica.

    • Jay_Mo

      Obrigada pelas palavras.

  • Layla

    Poxa, sinto muito de verdade por tudo isso.. Eu fiquei comovida com seu relato, de alguma forma me tocou. Não fica assim, pense que a sua mãe foi pros braços de Deus e ela está vivendo uma paz tão profunda que a gente nem pode imaginar.. ela está muito bem e com certeza está com vc todos os dias da sua vida. Peça que ela te ajude a lidar com essa dor, peça conforto e muito amor pra ela.. Não fique triste, pois o que passou passou, era pra acontecer do jeito que aconteceu.. na vida tudo tem um por que.. e quando nos rebelamos contra isso, sofremos muito mais, pois é uma luta sem fim, é impossível vc ganhar essa luta.. então não deixe que isso seja uma luta, faça amizade com esse sentimento, olhe pra ele com outro olhar, um olhar de aceitação, um olhar de entendimento.. Fique forte querida, eu posso imaginar o que vc está sentindo e te admiro por estar seguindo em frente.. os problemas sempre existem mas a gente tem que levantar a cabeça e transformar esse problema em um aprendizado.. e fazendo isso, até os problemas se tornam algo bom.. Assim é a vida.. fique bem, fique em paz, grande beijo e abraços!

    • Jay_Mo

      Obrigada pelas palavras.

  • enaansz

    Oi Jay, muito triste seu relato, gostaria de te fazer uma pergunta: Sua Mãe iria gostar de ver você nesse buraco? Ela pode não estar fisicamente junto de ti, mas tenho certeza que ela está torcendo para que você saia dessa situação. Infelizmente não tem como trazê-la de volta, contudo você pode mudar a forma como olha para essa isso e mudar a sua vida, honra-la, viver de uma maneira que a deixaria orgulhosa, se inovar, levar o bem ao próximo e encontrar alguma forma de alertar outras pessoas sobre esse episodio trágico da sua vida. Erros médicos também acontecem, é preciso ter compaixão, perdoa-los, pois também são humanos. Não se culpe, tudo na vida tem um sentido, encontre o seu. Abraços!

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Desabafe no servidor do Discord

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Servidor no Discord

Desabafe no Servidor do Discord