fbpx

Me sinto cada vez mais solitário

Faz uns anos que me sinto cada vez mais sozinho. Sai de casa cedo, com 20 anos, por ter uma relação ruim com minha família. Na época eu namorava, então foi tolerável essa mudança. Inclusive, essa época foi ótima porque sentia verdadeiro amor pela garota. Tempos depois eu comprei um apartamento, ainda namorando com essa garota. Comecei a notar as coisas desadarem, desadarem muito. Me sentia muito irritado com tudo. Nada era suficiente. Agora eu tinha bens materiais (como carro e apartamento) mas não tinha mais felicidade. Comecei a ficar intolerante. Naturalmente, depois uns meses assim, a relação acabou. Depois disso, eu entrei em crise. Comecei a fazer muitas tatuagens e “descobrir” o mundo novamente. Comecei a usar drogas diferentes e sair com garotas que não tinham muito a ver com isso. 1 ano depois, namorei uma garota que bem bonita, mas tinha padrões tóxicos. Isso me custou um pouco de saúde mental. Depois de 6 meses, terminamos. Eu senti minha vida voltar ao “normal”. Pelo menos tinha paz. Mas eu ainda tinnha essa sede de usar drogas e extrapolar. É tipo um vazio que preciso preencher, sabe? Desde então, nunca mais namorei. Saí com várias garotas, mas nunca consegui firmar nada. sempre, um dos lados não estava a afim. Faz 3 anos que vivo completamente sozinho. Tenho amigos, tenho familiares, mas me sinto solitário. Pra ajudar um pouco mais nesse sentimento, minha mãe faleceu em dezembro do ano passado (12/21). Ela era minha melhor amiga. Acho que até agora estou sem chão. Sinto que a ficha não caiu. Fiquei mais próximo de familiares, mas não é a mesma coisa. Nunca vai ser, né? Apesar dessa situação, eu não estou bebendo nem extrapolando como antes. Muito pelo contrário, estou indo a academia e tentando viver uma vida pra frente, positiva e saudável. Mas lá no fundo, eu me sinto muito triste. Meus amigos notam isso em muito momentos. As vezes em tom de brincadeira eles me comparam com artistar depressivos (que inclusive se suicidaram). Me sinto compreendido por eles mas, ao mesmo tempo, triste por ser assim. Eu componho músicas também e estou gravando algumas, e o mais estranho, é que as letras sempre giram em torno de solidão e desesperança. Não que eu seja uma pessoa que só fala de coisas negativas, mas no fundo eu tendo a isso. Hoje pela manhã, quando acordei, eu senti uma tristeza muito grande. Vários pensamento negativos. Pensamentos de desistir. É complicado viver sozinho, e não conseguir criar vinculos com ninguém. Me sinto cada vez mais distante do que desejo. Talvez cavando o próprio buraco. Não sei se alguém pode me ajudar em relação a isso. Eu já faço terapia, e até que ajuda. Mas nos outros dias ainda me sinto mal por muitas coisas.

39
6
0
placeholder
março 14, 2021
masculino
1

  • usuario

    Olá, Henrique. Meus sentimentos. Que você possa sentir a presença da sua mãe em todos os momentos de tristeza, para que ela te ajude a superá-los. Que você sinta a presença da sua mãe em todos os momentos de alegria e conquistas, para que vocês possam compartilhar essas emoções. Fico feliz que você disse que está focando em você agora, fazendo academia e terapia. Se puder, nunca pare com isso. Henrique, não busque essa completude que você sente falta em um relacionamento amoroso. Não é para isso que eles servem. Pessoas não são incompletas que vão encontrar sua outra parte em outro alguém, todos nós já somos completos. Agora, acredito que esse sentimento de solidão, de necessidade de completude ou de preenchimento sempre atinge todos nós, em algum momento ou outro. Você já tentou buscar na espiritualidade? Talvez em alguma religião, como o espiritismo. Ou na espiritualidade "pura" mesmo. Já pratica caridade? Talvez trabalhar em algum processo que distribui, produz comida para quem necessita. Arrecadação de roupas. Quem sabe isso não te ajude, amigo. Acredito que valha a pena tentar. Não tem nada a perder. Abraços e fique bem!

    • Henrique

      Obrigado pela resposta! Sim, já faz um tempo que venho pensando em seguir alguma prática espiritual. Vou seguir seu conselho.

  • Marina Gomes

    Olá Henrique, como vai? O momento pelo o qual esta passando é compreensível, pois você acabou de ter uma perda recente. O luto ele tem suas fases, aos poucos as coisas vão se encaixando, viva o seu tempo. Eu espero que tudo se resolva, aqui você não esta sozinho estamos aqui para te escutar e te acolher. Grande abraço, se cuida!

  • Andre

    Oi Henrique... eu sinto muito pela perda de sua mãe... e é muito compreensível que você esteja passando por um momento triste mesmo, pois faz muito pouco tempo que ela se foi dessa para a melhor. Mas saiba que agora, ela está mais próxima de você do que jamais esteve, cuidando de você e iluminando seu caminho ao lado do criador, os 2 juntos, te guiando a felicidade suprema e te ajudando a cumprir o que vc veio fazer nessa vida... Sabe, todos passam por momentos difíceis, mas é difícil aceitá-lo e vivê-lo de fato... muitos se imergem nas distrações para evitá-los (bebida, drogas, sair sem parar, entretenimento toda hora).. eu te acho corajoso demais por de fato, se permitir viver a tristeza.. E posso te dizer algo que me ajuda nesses momentos? Ter um propósito, um objetivo, um alvo que quero atingir nos próximos anos. Você sabe o seu? Mergulhe no autoconhecimento e você descobrirá..... deixe a luz entrar....

    • Henrique

      Oi Andre! Obrigado pelas palavras. Sim, venho pondo objetivos diante de mim pra ter esse norte que você citou. Obrigado pelo apoio

Converse em tempo real

Login

Desabafe no Site

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp

Login

Desabafe no site

Entre na Comunidade

Converse em tempo real

Grupo de apoio

Entre no nosso grupo do WhatsApp