fbpx

O tipo de pessoa que evitarei ter relacionamentos interpessoais

Foi o que a experiência ensinou. Sabe, quando eu era adolescente/criança, eu era muito receptiva a QUALQUER tipo de pessoa, seja em amizade ou em relacionamentos amorosos. Eu era muito aberta e tolerante com as pessoas, possivelmente devido a minha empatia. Então eu nunca tive nenhum requisito para relacionamentos, eu quero dizer, não tinham características específicas que eu buscava em uma pessoa ou em um grupo, era como se eu aceitasse todo mundo e o que aparecesse era aquela pessoa. Passar por experiências dolorosas e traumáticas em relacionamentos abusivos com outras pessoas foi o que me deu esse autoconhecimento que eu não tinha antes, do que eu aceitava ou não em um relacionamento e o que me machucava ou não. Por causa da empatia, é muito comum eu perder a minha identidade ou deixar ela de lado por causa de outra pessoa, é como se eu fosse um espelho de cada pessoa que cruzasse o meu caminho. Foi tão difícil construir e encontrar o meu verdadeiro eu, me desvincular um pouco da minha conexão com outras pessoas e descobrir o que eu gostava, o que eu queria, o que me causava certos sentimentos, meus pontos de vistas e opiniões sem ser influenciado por outras pessoas, foi difícil principalmente na infância, mas agora encontrei um equilíbrio entre a empatia e a individualidade sem um extremo entre um o outro, não sou extremamente empática e também nem muito egoísta.

Algumas pessoas que quero distância:

• Pessoas que necessitam de muita atenção e fazem muitas cobranças
– Por favor, se você é aquele tipo de pessoa que precisa ser o centro das atenções 24 horas do dia e ficam cobrando e pegando no pé dos outros porque eles tem suas ocupações e suas vidas para cuidar, por favor fique longe de mim. Se você é aquele tipo de pessoa que fica perturbando porque eu não fiz x coisa ou não fui te visitar, por favor, fique longe de mim. Ninguém é obrigado a nada, respeite o direito e a escolha de cada pessoa de fazer algo ou não fazer, de ir a um lugar ou não.

• Pessoas excessivamente carentes.
– Algo parecido com o que eu disse acima.

• Pessoas que não respeitam o meu tempo de solidão.
– Eu sou introvertida, então, eu não gosto de ficar tendo contato social o tempo inteiro porque isso me deixa cansada e exausta, preciso de um tempo sozinha comigo mesma para recarregar as energias, para ficar refletindo e colocando meus pensamentos, sentimentos e mundo interior em ordem.

• Pessoas invasivas e controladoras.
– Não me diga o que eu devo fazer, como devo viver a minha própria vida e quem eu devo ser. Eu gosto de ter acima de tudo o meu próprio espaço e minha autonomia. Ter liberdade para tomar minhas decisões, fazer escolhas e o meu tempo oara fazer as coisas. Não pegue no meu pé e nem venha querer me pressionar. Existe um limite que você não deve ultrapassar, eu ficaria feliz se você simplesmente respeitasse.

• Pessoas muito protetoras e apegadas ou dependente emocionalmente

– Não, simplesmente não. Fiquem bem longe de mim em uma distância saudável. Como eu disse antes, eu valorizo a independência e autonomia pessoal de cada pessoa e gosto de ter meu espaço pessoal e que ele não seja invadido. Sou mais desprendida nos relacionamentos do que o esperado. Não seja grudento, não seja chato.

• Pessoas fofoqueiras e perguntas sobre minha vida pessoal

– Eu não confiaria em uma pessoa assim o suficiente para compartilhar meus segredos íntimos e meus sentimentos, eu não permitiria que alguém assim entrasse no meu mundo e nem confiaria o suficiente para trocar algumas palavras além do que é considerado educação. Eu sou uma pessoa reservada, eu não sou um livro aberto e me tornei seletiva com as pessoas que deixo entrar em minha vida.

• Pessoas que não confiam em mim
– Confiança é essencial em qualquer relacionamento. Se você não confia em mim, eu não vou insistir. É melhor pararmos por aqui, eu aprendi que não tenho que provar nada a ninguém e esse é um direito e um livre arbítrio seu, então cada um pode seguir o próprio caminho.

• Pessoas manipuladoras, chantagistas, desonestas e falsas
– Se você não consegue ser sincero e honesto sobre quem você é de verdade, suas reais intenções e o que você quer, então é melhor não sermos íntimos ou construirmos relações de qualquer tipo. Pouca coisa me machuca mais do que pessoas que desdenham do coração e da sinceridade do próximo, se o bem estar e como a outra pessoa se sente não significa nada para você, então para começo de conversa, você nem deveria viver em sociedade. Mentiras, enganações e máscara é sim uma forma covarde de entregar uma flor a alguém esperando ela virar as costas para poder dar o golpe fatal, eu nunca confiaria em alguém assim ou permitiria que se aproximasse, pelo menos, não novamente.

• Pessoas instáveis, agressivas e descontroladas emocionalmente
– Todas às vezes que eu vejo alguém perdendo a calma e começa a agir de forma agressiva e explosiva eu tenho uma crise de ansiedade. Isso é pertubador, assustador e traumático para mim. Na real, seria melhor alguém assim buscar uma terapia para se relacionar de forma mais saudável com os outros, porque eu acredito que absolutamente ninguém tenha que suportar esses comportamentos em nenhum relacionamento.

• Narcisistas, egocentrismo e antipatia
– Só de saber que essas características assim existem minha alma dói e chora. Isso machuca caramba!!! Entra aqui com certeza todas as pessoas que tem transtorno de personalidade do grupo B sem dúvida, e possivelmente elas se encaixam na verdade em vários itens que eu citei anteriormente.

• Pessoas preconceituosas e mente fechada
– Esse daqui é muito difícil de aguentar a longo prazo, sério mesmo. Se você consegue, me ensine que eu não sei. Por mais frustrada e revoltada que eu seja, eu sou uma pessoa muito tolerante e aberta a novas ideias, experiências, pensamentos e opiniões. Se você tiver uma opinião e uma visão de vida diferente da minha eu vou ouvi-lo. Porque eu sei que você teve experiências de vida que te levou a formular tudo isso e eu não tenho o direito de desprezar a sua história. No geral, eu não tenho nada contra as pessoas, eu sou contra apenas em relação a comportamentos e atitudes humanas, porque tirando isso, eu nem me importo e cada um é livre para ser e viver como bem entender, quando envolve outras pessoas, ou um número de pessoas maior do que você mesmo, sim, isso se torna um problema do mundo inteiro.

11
1
0
placeholder
junho 19, 2024
0

  • lucasneves900

    Olá Cloe99, como pessoa vc é livre para determinar o que vc aceita e valoriza em um relacionamento. Porém eu te pergunto vc realmente quer uma pessoa em sua vida? Tem coisas que realmente não dar pra tolerá tipo violência e agressão. As tem outras cosias que e necessário para vc ter um relacionamento con alguém tipo conhecer a pessoa e pergubtar coisas sobre ela é importante pra isso, e outra coisa ninguém é perfeito eu não sou vc não é, então como vc pode cobrar que alguém seja bem neste mundo? As pessoas querem atenção então são carentes, ninguém ta todo dia 100% pra está sorrindo, vc está? ... Então se vc quer uma pessoa que importe com vc eu acho que vc tem que abrir mão de algumas coisas. Então vc arrumara so relacionamento vazios tipo pra relação, tipo relacionamentos do tinder. A não ser que vc queira isso, é isso?

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Desabafe no servidor do Discord

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Servidor no Discord

Desabafe no Servidor do Discord