fbpx

Só um desabafo, tô guardando isso há muito tempo…

Bom, vamos começar do começo. De uns meses pra cá, mais especificamente, em Abril, minha cabeça começou a virar uma turbulência de pensamentos. Vêm pensamentos que me deixam muito mal e pensativo, mal a ponto de não sair mais da cama. Eles vêm e vão, mas nunca vão de fato… Vou ser bem transparente aqui, eu namoro uma garota, há uns 7 meses, é um namoro a distância, mas eu amo ela e ela me ama também, bom… Isso não vem ao caso agora. Retomando, esses pensamentos tão de certo modo ligados a esse relacionamento, tipo, até em Abril era tudo muito bom, não tinha inseguranças, não tinha medos nem esses pensamentos destrutivos. Mas do meio de abril pra cá veio uns pensamentos do tipo: “será que eu amo mesmo ela?” E “será que eu vou dar certo com ela?” E também: “e se um dia esse amor acabar?”, São esses tipos, sabe? E como eu já disse, eu me sinto bem mal quando eles batem, eu fico muito ansioso e começo a suar, eu sinto um aperto no coração, um negócio no estômago… Aah, não gosto nem de lembrar e nem sei explicar direito. Eu tenho esses pensamentos que não sei bem o que são, são inseguranças talvez? Medo de que o normal aconteça? Eu realmente não sei… Bom, é isso, queria apenas desabafar, pois já estava guardando isso há muito tempo e tava me matando, bom… Até mais.

25
8
0
placeholder
agosto 8, 2021
masculino
1

  • Fernando

    Dillan, posso te dar um conselho? Quando puder, vá visitar a sua namorada. Acho que os pensamentos que te afligem vem da distância que os separam. Pois, se vocês se encontrarem pessoalmente, mais forte ficará o elo que você estabelece no seu relacionamento. E, então, a distância e a saudade só vão tornar o próximo reencontro mais agradável. A distância é algo complicado. A comunicação apenas pelo celular, essa pequena janela de conexão muitas vezes não é suficiente e embaralha o pensamento. A conversa franca olho no olho, o contato físico, um passeio no parque são suficientes para elevar a confiança. Então, aqui está o meu conselho: vá visitá-la quando puder e se conseguir.

    • Dillan

      vou seguir seu conselho, irei assim que puder. desde já, muito obrigado pelo apoio! :)

  • juliano

    Cara eu te entendo! Já passei por algo semelhante, são inseguranças e devemos deixar rolar pra ver o que vai acontecer e descobrir se você gosta dela mesmo e se vai dar certo. Você só vai se livrar as suas dúvidas se deixar rolar e deixar que o tempo resolva o que não está ao seu alcance para resolver! Não fuja da situação, enfrente de peito aberto! Força!

    • Dillan

      pô, Juliano, valeu mesmo pela força, dizem que o tempo resolve tudo, nè? bom, vou encarar isso e deixar o tempo fazer o que ele tem de fazer, mais uma vez, obrigado!

  • Jess

    Oi! Esses pensamentos são bem chatos mesmo, e a gente não consegue controlar... Que bom que você conseguiu desabafar sobre isso! Esse é um primeiro passo incrível e você conseguiu! Uma boa dica pra quando esses pensamentos vierem e você conseguir olhar pra eles de forma racional é pensar: "ok, o que pode, de fato, acontecer se esse pensamento se tornar realidade?" Pense nas possibilidades e em como você pode contornar as situações. Nem sempre a gente consegue, mas quando consegue é realmente muito bom diminuir o tom trágico que esses pensamentos podem trazer. Você não tá sozinho, ok? Abraços!

    • Dillan

      vou tentar isso sim, muito obrigado mesmo pelo apoio, Jess! abraços pra você tambèm!

  • Pietra

    Oi, Dillan! Pensamentos vêm e vão, eles nunca param. Só temos que tomar cuidado pra não deixá-los maiores que a gente. Existem muitas ferramentas que nos ajudam com isso, como a meditação; a nossa própria respiração (focar na respiração pra te manter conectado com o presente); anotar esses pensamentos em um papel ou no bloco de notas do celular. O importante é fazer o que você conseguir pra não deixar esses pensamentos te levarem à agonia! Procure lembrar, ou até escrever, os motivos que fazem da sua namorada uma pessoa especial pra você. Vale até anotar o que você espera do seu relacionamento HOJE, o que você está disposto a fazer para vocês terem uma relação leve e saudável HOJE. Por outro lado, tente listar o que te deixa inseguro, veja se essa insegurança é real ou se ela está só nos seus pensamentos. Isso pode ser importante pra diminuí-la e enxergá-la como algo que você pode dominar e não te deixar abater. Lembre-se: não temos controle de tudo o que nos acontece, então buscar viver o presente pode nos ajudar a ter mais “pé no chão” para traçar planos serenos para o futuro.

    • Dillan

      Vou fazer isso e tentar ter mais controle sobre isso, muito obrigado mesmo pelas palavras. 😙

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Desabafe no servidor do Discord

Login

Acesse sua conta para desabafar

Cadastre-se

Crie uma conta no Sunas

Grupo de apoio

Desabafe no grupo do WhatsApp

Servidor no Discord

Desabafe no Servidor do Discord